Monitoramento dos gastos públicos é a arma contra a corrupção

NOTÍCIAS

CONFIRA AS NOSSAS NOTÍCIAS
E FIQUE POR DENTRO DO QUE ACONTECE NA AJE

Monitoramento dos gastos públicos é a arma contra a corrupção

24/05/2017 - publicada em : 24/05/2017 11:54:35

A carga tributária, a falta de retorno dos impostos em benefício à população e o monitoramento dos gastos dos agentes públicos foram assuntos abordados em um encontro promovido pela Associação de Jovens Empreendedores de Criciúma (AJE) na noite desta terça-feira (23), na ACIC. Convidados para um painel, o presidente do Observatório Social de Criciúma (OS) e o promotor Marcelo Netto Campos apresentaram a maneira como as instituições atuam para combater os desvios de dinheiro público e buscar a garantia da boa aplicação dos recursos públicos.

O evento faz parte da programação da campanha Feirão do Imposto em Criciúma, mobilização nacional do movimento jovem empreendedor. Em Criciúma as atividades são realizadas pela AJE.

Durante o debate, Volpato apresentou dados que representam o impacto da corrupção no Brasil, um dos países de pior índice de retorno de impostos para o benefício da população. Entre as informações um levantamento da FGV chamou a atenção. O cálculo da fundação estima que se o nível de corrupção no país caísse 10%, em 25 anos a renda per capita subiria 50%, além de duplicar a capacidade de orçamento das áreas de saúde e educação.

“Os portais da transparência são o maior veículo de informação para a população e é onde os observatórios sociais monitoram os gastos públicos. Quando as pessoas estiverem mais atentas a esses canais os políticos ficarão mais atentos às suas atitudes. Na educação está a chance de transformar o futuro”, acredita o presidente do OS.

Novo titular da 11ª Promotoria de Justiça de Criciúma - segmento que trata da moralidade administrativa, Marcelo Netto Campos definiu o Ministério Público como um órgão que tem “a procuração de defender os interesses da sociedade”. “Dos crimes a corrupção deveria ser o mais hediondo devido às consequências nefastas que ela causa. O foco da fiscalização deve ser no retorno dos impostos à população”, acredita.


Impostômetro
A programação do Feirão do Imposto em Criciúma continua no sábado (27), dia D nacional da campanha, com a inauguração do primeiro impostômetro de Criciúma. O painel que mostra o volume de impostos pagos no ano em tempo real ficará na sede da ACIC. “Será uma importante marca para o ano todo, na linha da conscientização, como primamos. A ACIC recebe centenas de pessoas todos os dias que vão ter a oportunidade de conhecer facilmente o quanto os brasileiros pagam em tributos, gerando uma provocação sobre o retorno dessa recursos”, frisa o presidente da ATÉ, Mário N. Westrup.

• Comente ...

Fale conosco

Endereço //

Rua Ernesto Bianchini Góes, s/n, Próspera / Criciúma / SC - 88815-030 (Núcleo ACIC Criciúma)

Telefone //

(48) 3461-0900 Fax: (48) 3461-0901